Acesso Restrito a Professores



Casoteca de Gestão Pública completa um ano


07/05/12 - Ao completar um ano de sua implementação, o site “Casoteca de Gestão Pública” – um acervo virtual de estudos de caso com foco em temas da administração pública em que o usuário acessa gratuitamente os casos – soma 8.525 downloads dos 32 relatos publicados. A iniciativa representa um passo importante para a consolidação de um banco de técnicas inovadoras de ensino e aprendizagem na ENAP.

O sucesso da iniciativa se deve à possibilidade, proporcionada pelos casos, de reflexão sobre experiências reais. “O processo de democratização, as mudanças do Estado e da dinâmica social fizeram com que novas competências fossem requeridas dos servidores. Nesse sentido, o estudo de caso entra como ferramenta de reflexão, que leva o servidor a intervir com visão crítica”, disse a coordenadora-geral de Pesquisa, área responsável pela Casoteca, Elisabete Ferrarezi.

Entre os temas mais pesquisados estão, em primeiro lugar, gestão de pessoas; em segundo, ética; e em terceiro, políticas públicas. Para Ferrarezi, as temáticas refletem áreas de alto grau de complexidade que carecem de material didático adequado. “A Casoteca é um passo na direção de constituição de material específico para a formação do servidor público. O caso permite que se trate de temas polêmicos, em que não há consenso, de forma que o participante possa fazer uma autoanálise de sua posição e de suas competências frente ao problema e explorar modos alternativos de solução. Não basta saber utilizar instrumentos, os valores democráticos e princípios republicanos estão no cerne da atuação, e os casos trazem essas questões”, completou Ferrarezi.

Os casos disponíveis foram elaborados pela Coordenação-geral de Pesquisa da ENAP, por professores colaboradores e por outras instituições nacionais e internacionais. Alguns casos foram cedidos e traduzidos a partir do Projeto de Cooperação Brasil-Canadá “Desenvolvimento de Capacidade de Governança”.

Outro importante papel da Casoteca tem sido o de aprendizagem organizacional. Muitos casos registram experiências dignas de serem documentadas que se perderiam não fosse o relato presente no acervo virtual de estudos de caso. O site serve para a sistematização das experiências, para torná-las acessíveis, trazendo a público um conhecimento que muitas vezes fica restrito a indivíduos ou equipes.

Desafios e perspectivas

Apesar dos resultados positivos, ainda há espaço para crescimento. A consolidação de uma metodologia de aprendizagem inovadora inclui a capacitação de professores e coordenadores de curso. O processo de assimilação tem sido bem-sucedido, mas será continuado para garantir a perenidade do uso. Nesse intuito, alguns casos foram elaborados especificamente para cursos da Escola e oficinas de capacitação estão sendo oferecidas tanto para elaboração quanto para aplicação dos casos.

Com isso, as avaliações de alunos e professores sobre a metodologia têm sido positivas. Segundo a coordenadora-geral de Formação de Carreiras da ENAP, Cláudia Antico, que supervisionou o uso de casos em cursos de aperfeiçoamento, os participantes se mostram receptivos a métodos que agregam aplicabilidade aos cursos. “O uso de situações reais aproxima a teoria das expectativas dos alunos de conseguirem resolver seus problemas concretos”, disse.

Um dos principais desafios para a Casoteca no próximo ano é continuar a disseminação da metodologia para os professores, bem como incentivar servidores, pesquisadores e docentes a elaborarem estudos de caso. Em outra frente, a ENAP pretende aproveitar a boa experiência da Casoteca para desenvolver outros objetos de aprendizagem, como jogos e simulações voltados para o setor público.

“A realidade atual nos confronta a repensar os métodos de ensino. É preciso ir além das técnicas e material de ensino usados hoje.. A Casoteca é uma contribuição relevante para o debate sobre como fazer ensino e aprendizagem para adultos, que têm anos de prática e precisam ser motivados a voltar para a sala de aula”, disse Elisabete Ferrarezi.