Acesso Restrito a Professores



Dois novos casos sobre experiências de ouvidorias são lançados pela Casoteca

22/02/12 - A Casoteca de Gestão Pública ganhou dois novos relatos. Intitulados “Quando uma denúncia anônima feita à Ouvidoria vira ameaça ao denunciante” e “Há um gênero mais adequado para determinada função?”, ambos advém de ouvidorias da Administração Pública. Os casos são fruto de esforço conjunto da ENAP e da Ouvidoria Geral da União em estimular a elaboração de estudos sobre as experiências das ouvidorias.

Escritos por Cinara Santos, ouvidora do Serviço Geológico Brasileiro (CPRM), e Mohara de Melo Guimarães, servidora do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), os casos publicados foram iniciados no encontro promovido na Escola em que participaram representantes da Ouvidoria Geral da União e de ouvidorias federais  realizado em agosto de 2011. O encontro teve por objetivo apresentar a Casoteca e as vantagens da produção e disseminação de relatos de experiências vivenciadas na Administração Pública, sensibilizando os participantes para elaboração de estudos de caso e uso da metodologia em eventos de capacitação internos.

Com o intuito de dar maior visibilidade à experiência das ouvidorias no tratamento de reclamações, denúncias, informações, elogios e sugestões, os casos estão disponíveis no site. A ideia é fornecer subsídios para a análise do trabalho de ouvidorias, que têm papel imprescindível na Administração Pública.

Sobre os casos
Há um gênero mais adequado para determinada função?
Ano: 2011
Autora: Cinara Santos
O caso trata da questão de gênero para determinada função no serviço público. O estudo pode ser aplicado em cursos com enfoque em questões vinculadas à diversidade de gênero, às posturas das chefias que lidam com avaliação de desempenho, bem como ao papel da Ouvidoria. Palavras-chave: Diversidade. Ética. Ouvidoria. Discriminação. Gênero. Avaliação de desempenho.

Quando uma denúncia anônima feita à Ouvidoria vira ameaça ao denunciante
Ano: 2011
Autora: Mohara de Melo Guimarães
O caso trata da questão da denúncia anônima nas ouvidorias e de como é preciso atuar para que sejam preservados os cidadãos que colaboram com esses órgãos. O estudo pode ser aplicado em cursos com enfoque em questões vinculadas à ética, mediação de conflitos e atendimento ao cidadão. Palavras-chave: Ética. Ouvidoria. Atendimento ao cidadão. Denúncia. Conflito.