Acesso Restrito a Professores



Enap realiza 4ª edição de Oficina sobre Estudos de Caso

12/11/14 - A Escola Nacional de Administração Pública (Enap) realizou, por meio da Coordenação-Geral de Pesquisa, a 4ª edição da Oficina sobre Metodologia de Estudos de Caso. O objetivo foi ampliar conhecimentos sobre o tema e desenvolver habilidades para elaboração e uso da metodologia de estudos de caso, considerada um importante instrumento pedagógico para o ensino aplicado.

A oficina foi realizada no período de 03 a 05 de novembro. Participaram servidores da Enap, professores e representantes da Escola de Administração Fazendária (Esaf), Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), Agência Brasileira de Inteligência (Abin), Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS), Universidade de Brasília (UnB), Departamento de Polícia Federal (DPF), Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (EBSERH) e de escolas de governo.

A mesa de abertura da oficina contou com as seguintes participantes: a Coordenadora-Geral de Pesquisa, Marizaura Camões; e as organizadoras e facilitadoras da atividade, a Técnica em Assuntos Educacionais, Carolina da Cunha Rocha, e a Especialista em Políticas Públicas e Gestão Governamental, Mariana Carvalho.

Segundo Carolina, a metodologia de estudos de caso é uma inovação, em termos pedagógicos: “Voltada para o ensino aplicado, ela busca incorporar a vivência profissional à prática didática em sala de aula, conduz os alunos à reflexão e os tornam agentes principais de sua própria formação”.

Ela também destacou a relevância da oficina, uma vez que estimulou o envolvimento dos participantes ao propor a vivência da metodologia em todos os seus elementos. “Além das exposições dialogadas, leitura e análise dos estudos de caso, foram feitos exercícios práticos, que culminaram na construção e elaboração de cinco novos estudos de caso. Muito provavelmente, farão parte do acervo da Casoteca”, afirmou Carolina.

Uma das participantes foi Andrea Bello, autora da trilogia de estudos de caso Pintura de Guerra 1, 2 e 3. Andrea é Mestre em Administração Pública pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) e Coordenadora de Projetos e Assessora Técnica da Secretaria de Estado do Ambiente do Rio de Janeiro (SEA/RJ). Os estudos de caso “Pintura de Guerra 1” e “Pintura de Guerra 2” estão publicados na Casoteca. Já o estudo “Pintura de Guerra 3” será publicado em dezembro.

A oficina seguiu a proposta das três edições anteriores, feitas em 2009, 2010 e 2011 - duas delas com o apoio do Professor Andrew Graham, da Canada School of Public Service (CSPS). A programação permitiu que os participantes assimilassem os princípios básicos de estruturação, redação e aplicação de estudos de casos, na aprendizagem organizacional. O intuito foi ampliar o conhecimento sobre tecnologias educacionais inovadoras que permitam potencializar a prática de ensino aplicado na formação dos servidores públicos.

A atividade foi mais uma iniciativa da Enap no sentido de desenvolver metodologias inovadoras de ensino-aprendizagem, com foco nas ações de fomento à pesquisa. Com esse tipo de iniciativa, a Escola também busca ampliar a divulgação da Casoteca de Gestão Pública, um acervo virtual de estudos de caso com foco na administração pública.